Ultimas

Francisco Macedo

Notícias Regionais

Polícia

Concursos

Mundo Político

ÚLTIMOS POSTS

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Mais de 100 concursos abertos reúnem 19 mil vagas nesta segunda-feira (28) em todo o país

Imagem reprodução da web
Pelo menos 103 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (28) e reúnem 19.032 vagas para cargos em todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 23.997,19 no Ministério Público e no Tribunal de Contas de Santa Catarina.
Além das vagas  abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.
Os órgãos que abrem inscrições para 242 vagas nesta segunda são os seguintes: Câmara Municipal de Brumadinho (MG), Câmara Municipal de Sarandi (PR), Câmara Municipal de Vitória da Conquista (BA), Prefeitura de Charrua (RS), Prefeitura de Coronel Pacheco (MG), Prefeitura de Eldorado (MS), Prefeitura de São Domingos de Prata (MG) e Prefeitura de São Joaquim da Barra (SP).
Veja abaixo a lista de concursos com inscrições abertas:
Mais de 100 concursos abertos reúnem 19 mil vagas nesta segunda-feira (28) em todo o paísMais de 100 concursos abertos reúnem 19 mil vagas nesta segunda-feira (28) em todo o paísMais de 100 concursos abertos reúnem 19 mil vagas nesta segunda-feira (28) em todo o paísMais de 100 concursos abertos reúnem 19 mil vagas nesta segunda-feira (28) em todo o paísMais de 100 concursos abertos reúnem 19 mil vagas nesta segunda-feira (28) em todo o país

Fonte: Meio Norte

sábado, 26 de julho de 2014

W.Dias recebe apoio do ex-prefeito de Picos, Gil Paraibano, do PMDB; fotos!

Em visita à cidade de Picos neste sábado (26/07), a coligação A Vitória com a Força do Povo recebeu o apoio da população, do ex-prefeito de Picos, Gil Paraibano (PMDB) e do prefeito de Sussuapara, Edvardo Antonio da Rocha, conhecido como Pé Trocado (PSDB).
Wellington Dias cumpre agenda na região de Picos desde sexta-feira (25). Por onde passa, o candidato a governador destaca as propostas de governo para um Piauí mais desenvolvido. Acompanham Wellington Dias, a candidata a vice-governadora, Margarete Coelho, Elmano Férrer, candidato ao Senado, e o senador Ciro Nogueira, dentre outros.
Na região, Wellington Dias também ressalta a importância das parcerias e apoios que vêm recebendo tanto de lideranças como populares. “A decisão de Gil Paraibano foi corajosa e um voto de confiança às propostas da coligação. Vou fazer valer essa decisão do ex-prefeito com obras que promovam o desenvolvimento e a melhoria de vida da população de Picos. Entre apoiar o seu partido e o Piauí, ele escolheu o Piauí”, revelou.
Durante a caminhada realizada pelo mercado e pelas ruas do centro comercial da cidade, Wellington Dias falou das propostas da coligação e lembrou, ainda, de outras importantes lideranças da região que já tinham aderido à sua campanha, como o ex-prefeito de Itainópolis, Mainha e o ex prefeito de Picos, José Néri. As informações são da assessoria de W.Dias.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Conheça as 17 candidatas do concurso Garota Macrorregião 2014. Veja Fotos:

Algumas concorrentes do concurso Garota Macrorregião 2014
Foi realizado na noite desta quinta-feira (24), no Restaurante Colher de Pau, em Picos, o lançamento do badalado concurso de beleza “Garota Macrorregião”, edição 2014.
No evento, o promotor do evento Denílson Lima apresentou aos convidados e à imprensa as candidatas ao título de mulher mais bonita da região. Representantes de 17 municípios estão na disputa.
O desfile acontecerá no dia 2 de agosto, em Santo Antônio de Lisboa, quando a Miss Piauí Globo 2014 e atual campeã do concurso regional, Teresa Cristina, de São Julião, repassará a corroa e a faixa à nova “Garota Macrorregião”.
 O tema da 11ª edição do concurso é “Piauí, Terra Querida”. “Queremos fazer dessa edição um marco histórico”, disse o organizador. Ainda segundo ele, o evento contará com uma produção de balada profissional.
Miss Voto PopularNesta quinta-feira (25) a organização do concurso divulgou as fotos oficiais das candidatas do “Garota Macrorregião 2014″ em seu perfil no Facebook e abriu a votação para escolha da “Miss Voto Popular”. Segundo Denilson Lima, vence aquela que obtiver o maior número de curtidas nas fotos oficiais no perfil do concurso.


















Fonte: Cidadesnanet.com

Lula atuou para que decisão da corte isentasse presidente

A interlocutores justificou que foi avisado de que, se incluísse a presidente, seu relatório seria todo rejeitado pela corte
Ex-Presidente Luis Inácio Lula da Silva
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva comandou a operação do governo para evitar que a presidente Dilma Rousseff fosse responsabilizada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) por sua participação na compra da refinaria de Pasadena pela Petrobrás. Lula recebeu o ministro do TCU José Múcio Monteiro em um encontro na segunda-feira, em São Paulo, dois dias antes de o assunto entrar na pauta da corte de contas.

Múcio confirmou ao Estado o encontro, mas negou que tivesse tratado de Pasadena. "Eu estava em São Paulo, não via o ex-presidente Lula desde o ano passado e resolvi fazer uma visita a ele de cortesia. Somos amigos. Não falamos absolutamente em Pasadena, não sabia que estava em pauta. Se eu soubesse, era capaz até de eu ter tocado no assunto. Conversamos sobre política, eleição, Brasil, o governo dele, as perspectivas, blablabá, a vida dele, a minha... conversa de compadre, foi exatamente o que aconteceu", disse.

Após a conversa com Lula, porém, o ministro do TCU procurou os colegas e ponderou que responsabilizar Dilma neste momento eleitoral seria politizar demais o caso, além de repetir a defesa do governo de que a presidente votou a favor da compra da refinaria com base em resumo incompleto sobre o negócio.

Ex-ministro de Relações Institucionais no governo Lula e conterrâneo do ex-presidente, Múcio foi nomeado para o TCU pelo petista. Até o início da semana, havia a expectativa no governo e na campanha de Dilma de que o ministro José Jorge, um ex-pefelista que se transformou no ministro responsável por relatar o caso, iria indicar a responsabilidade dela por ter votado a favor da compra da refinaria como presidente do Conselho de Administração da Petrobrás. Ele responsabilizou o ex-presidente da Petrobrás José Sergio Gabrielli, amigo de Lula, e os demais diretores da petroleira, mas decidiu excluir Dilma.

A interlocutores justificou que foi avisado de que, se incluísse a presidente, seu relatório seria todo rejeitado pela corte. Como havia divergência na área técnica sobre responsabilizar o conselho de administração, seria a justificativa para os votos contrários. Neste caso, optou por "salvar" o relatório. Assim, o assunto se mantém na pauta do tribunal e da imprensa, uma vez que se inicia a fase de defesa e há a possibilidade de os "punidos" resolverem contar o que não veio à tona até agora.

Fonte: Estadão

Brasil pode sofrer novo 7X1 na economia, diz Financial Times

Economia brasileira caminha para terminar 2014 com inflação próxima dos 7% e crescimento por volta de 1%, diz blog do jornal britânico

Imagem Reprodução da wbe

São Paulo - O trauma da derrota para o time alemão por 7 a 1 na semifinal da Copa do Mundo pode ganhar em breve um equivalente econômico, segundo o Financial Times.

Um texto publicado hoje no blog Beyond Brics, do site do jornal britânico, diz que o Brasil pode fechar 2014 com inflação próxima de 7% e crescimento do PIB em 1%.

Em junho, a inflação no país desacelerou mas chegou a 6,52% no acumulado de 12 meses, acima do teto da meta do governo, de 6,5%.

A avaliação de economistas é que a pressão dos alimentos sobre os preços está diminuindo, mas que a inflação acumulada só vai voltar para abaixo do teto mais para o fim do ano. Em relação ao crescimento, as perspectivas só pioram.

O último boletim Focus, uma sondagem do Banco Central que compila a opinião de vários economistas e instituições, prevê que 2014 vai fechar com inflação de 6,45% e expansão de 1,05% no PIB.

O texto do Financial Times termina com uma análise do que este cenário pode significar para as eleições de outubro:

"Alguns economistas começaram a falar sobre a possibilidade de uma recessão técnica em 2014 se os dados do PIB do primeiro trimestre forem revisados para baixo no mês que vem. Para os candidatos de oposição do Brasil, esse pode ser o 'gol contra' que eles estiveram esperando do PT - tudo que eles precisam para ganhar eleitores no que deve ser a disputa eleitoral mais disputada dos últimos 25 anos."

Fonte: Exame.com

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Wellington Dias tem 53,65% das intenções de voto e venceria no 1º turno

Candidato Wellington Dias (PT-PI)
O candidato do PT ao Governo do Estado, Wellington Dias, está avançado na frente na disputa eleitoral com 53,65% das intenções de voto estimuladas, 21,65 pontos percentuais sobre a soma das intenções de todos os candidatos a governador, que é de 32%, o que consolidada sua vitória no primeiro turno das eleições gerais deste ano.

O governador Zé Filho (PMDB), candidato à reeleição, tem 17,06% das intenções de voto estimuladas e está em segundo lugar na disputa eleitoral. O ex-senador e ex-governador Francisco de Assis de Moraes Souza, o Mão Santa (PSC), obteve 12,40% das intenções de voto estimuladas e ocupa o terceiro lugar na corrida ao Governo do Estado.

O candidato do PSTU, Daniel Solon, tem 1,14% das intenções de voto estimuladas; a candidata do PCO, Lourdes Melo, tem 0,70% das intenções de voto; o candidato do PPL ao governo, Neto Sambaíba, tem 0,44% das intenções de voto; e o candidato do PSOL, Maklandel Aquino, tem 0,26% das intenções de voto estimuladas.

Os eleitores que afirmaram que não sabem ou não opinam em quem vão votar são 9,06% e os que vão votar nulo ou em branco equivalem a 5,28%.

Os dados são da pesquisa de intenções de voto realizada pelo Instituto Piauiense de Opinião Pública (Amostragem) para o Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte, nos dias 17 a 20 de julho, com 1.137 eleitores com com 16 ou mais anos de idade residentes e com domicílio eleitoral em 47 municípios.

A amostragem é não aleatória por cotas de sexo, faixa etária, grau de instrução, renda familiar, microrregião e municípios.

Foram feitas entrevistas domiciliares e individuais. Foram pesquisados os seguintes municípios por microrregião: Baixo Parnaíba Piauiense (Miguel Alves, Esperantina, Piripiri, Batalha); Litoral Piauiense (Parnaíba, Luís Correia, Cocal); Teresina (Teresina, Beneditinos, União); Campo Maior (Nossa Senhora de Nazaré, Sigefredo Pacheco, Campo Maior, São Miguel do Tapuio); Médio Parnaíba Piauiense (Água Branca, Regeneração, Amarante); Valença do Piauí (Várzea Grande, Elesbão Veloso, Valença do Piauí); Alto Parnaíba Piauiense (Uruçuí); Bertolínia (Antônio Almeida, Manoel Emídio); Floriano (Jerumenha, Guadalupe, Floriano); Alto Médio Gurgueia (Santa Luz, Bom Jesus); São Raimundo Nonato (São Braz do Piauí, Jurema, Caracol, São Raimundo Nonato); Chapadas do Extremo Sul Piauiense (Avelino Lopes, Corrente); Picos (Bocaina, Oeiras, Picos, São Luís do Piauí); Pio IX (Alagoinha do Piauí, Pio IX); Alto Médio Canindé (Curral Novo do Piauí, São Francisco de Assis do Piauí, Acauã, Massapê do Piauí, Queimada Nova, Simões, São João do Piauí).

A margem de erro é de 2,85%. A pesquisa foi registrada no TRE (Tribunal Regional), com o Protocolo número PI 00073/2014, no dia 16 de julho.

Pesquisa de intenções de voto espontâneas tem Wellington Dias e Zé Filho como os mais lembrados
O candidato do PT ao Governo do Piauí, Wellington Dias, tem 18,82% das intenções de voto espontâneas, segundo a pesquisa do Instituto Amostragem feita para o Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte.

Segundo a pesquisa, o candidato à PMDB à reeleição, governador Zé Filho tem 7,21% das intenções de voto.

Mão Santa, o candidato a governador pelo PSC, tem 1,50% das intenções de voto espontânea. O ex-governador Wilson Martins, que é candidato do PSB ao Senado, tem 1,06% das intenções de voto espontâneas, mas ele não pode disputar o Governo do Estado por vir de dois mandatos seguidos.

Os eleitores que não sabem ou opinam no momento de apontar candidato a governador nestas eleições representam 64,38% e os que querem votar nulo ou branco são 4,49%.

O presidente do Instituto Amostragem, estatístico e professor universitário João Batista Teles, informou que as intenções de voto espontâneas são apontadas pelos eleitores sem que os pesquisadores mostrem a relação de candidatos envolvidos na disputa eleitoral.

Nomes de políticos como Lula, a presidente Dilma Rousseff, o ex-prefeito de Teresina, Elmano Férrer, o prefeito de Teresina, Firmino Filho, o senador João Vicente Claudino, o deputado estadual Robert Rios Magalhães e o ex-prefeito de Teresina Sílvio Mendes, são citados, mas com menos de 1% das intenções de voto.

Mão Santa e Zé Filho dividem preferência no litoral

O candidato do PT ao Governo do Estado, senador Wellington Dias, ganha em todas as microrregiões do Piauí. Na microrregião de Picos, Wellington Dias tem obtém 54,79% das intenções de voto, e Zé Filho 15,07% e Mão Santa 6,85%. Os indecisos nessa microrregião totalizam 12,33% e os que intencionam anular ou deixar em branco o voto 13,33%. Neto Sambaíba e Daniel Solon obtiveram 1,37% e os demais candidatos não pontuaram.

Na microrregião de Pio IX, Wellington Dias tem 72,73% das intenções de voto estimuladas; na microrregião Médio Parnaíba Piauiense, Dias tem 66,04% das intenções de voto; na microrregião do Alto Médio Gurgueia, o candidato petista tem 65,63% das intenções de voto estimuladas.

Na região do Baixo Parnaíba Piauiense, Wellington Dias tem 52,50%; tem 54,30% na microrregião de Teresina; 35,45% na microrregião do Litoral Piauiense; e na microrregião de Campo Maior, ele tem 63,64% das intenções de voto.

O governador Zé Filho tem 26,36% das intenções de voto na microrregião do Litoral Piauiense; na microrregião de Teresina ele obteve 20,18% das intenções de voto. Na microrregião de Bertolínia, Zé Filho tem 25% das intenções de voto estimuladas. Na microrregião de Alto Médio Gurgueia, o governador tem 16,67% das intenções de voto.

Na microrregião do Litoral Piauiense, Mão Santa tem 27,27% das intenções de voto estimuladas; na microrregião de Teresina, ele tem 11,57% das intenções de voto. Mão Santa tem 18% das intenções de voto estimuladas em São Raimundo Nonato; 16,67% das intenções de voto estimuladas na Chapada Extremo Sul; e 13,33% na microrregião do Baixo Parnaíba Piauiense.



Eleitores de Zé Filho, Wellington e Sambaíba são os mais fiéis

A pesquisa Instituto Amostragem – Sistema Meio Norte de Comunicação perguntou aos eleitores dos candidatos se poderiam votar em outro candidatos. Eleitores de Zé Filho, Wellington Dias e Neto Sambaíba são os mais fiéis, mostrou o levantamento. Dos eleitores de Zé Filho, 31,09% afirmaram que podem escolher outro candidato, mas 63,2% garantiram que isso não vai acontecer. Dos eleitores de Wellington Dias, 33,77% dizem que podem escolher outro candidato. Porém, 61,80% asseguram que isso não vai ocorrer.

Dos eleitores de Neto Sambaíba, 40% dizem que podem escolher outro candidato. Porém, 60% asseguram que isso não vai ocorrer. Dos eleitores de Lourdes Melo, 50% dizem que podem escolher outro candidato, mas 50% asseguram que isso não vai ocorrer. Dos eleitores de Maklandel Aquino, 66,67% dizem que podem escolher outro candidato e 33% asseguram que isso não vai ocorrer. Dos eleitores de Mão Santa, 48,94% dizem que podem escolher outro candidato. Porém, 43,97% asseguram que isso não vai ocorrer. Dos eleitores de Daniel Solon, 46,15% dizem que podem escolher outro candidato. Porém, 53,85% asseguram que isso não vai ocorrer.

Fonte: Meio Norte

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Aumenta a participação das mulheres na política brasileira

Imagem Reprodução da web
O número de mulheres que disputam cargo nas Eleições Gerais deste ano é 46,5% maior do que no último pleito, em 2010. Até as 14h desta terça-feira, 22 de julho, os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostravam 7.407 são do sexo feminino do total de aproximadamente 25 mil candidatos, representando 29,73%. Na Eleição de 2010, eram 5.056 candidatas, ou seja 22,43% dos candidatos. Estes dados do Sistema de Divulgação de Candidaturas (DivulgaCand 2014) ainda estão sujeitos à atualização, sendo que eventuais números podem apresentar alterações em futuras consultas.

A disputa para deputado federal e estadual registrou o maior número de mulheres candidatas com 7.237 candidaturas, 2.404 a mais do que em 2010. Em ambos os casos há um crescimento de cerca de 50% de candidaturas femininas em 2014, na comparação com 2010.

Equilíbrio
Já na disputa por uma vaga ao Senado Federal, a situação será diferente neste ano. A renovação será de um terço das 81 cadeiras. Apesar de o número total de candidaturas ter sido menor do que nas últimas eleições onde elegeram dois terços das vagas do Senado, o número de candidatas mulheres se manteve praticamente estável: em 2010, foram 36 candidatas e, neste ano, 35 concorrem no pleito.

A participação feminina na disputa ao cargo de governador também se manteve equilibrada. As mulheres representaram cerca de 10% do total de candidatos para a vaga nos dois pleitos. Em 2014, serão 17 candidatas aos governos estaduais.

Para o cargo de presidente da República, nas eleições deste ano, num total de 11 registros apresentados à Justiça Eleitoral, dois são do sexo feminino (18,18%). Já para a ocupação de vice-presidente o número é maior: quatro mulheres vão disputar a vaga (36,36%). Em 2010, o número total de concorrentes ao cargo máximo do Executivo era menor, com nove candidatos, sendo duas candidatas mulheres. Na disputa pela Vice-Presidência, apenas uma mulher disputou a vaga naquele ano.

Fonte: Agência CNM, com informação do TSE
 
Todos os direitos reservados © 2014 - FMNews.com.br
Desenvolvido por: Edilson Designer - edilsondidi@r7.com - (89) 9417-8611