Ultimas

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

VISITA DE DILMA AO PI confirma a disputa W.Dias X Marcelo

PRESIDENTA QUIS CONVENCER O PMDB A SE ALIAR AO PT: 'Só se vir pra o meu lado'

Ao contrário do que afirmavam os petistas, sobre a visita da presidente Dilma Rousseff (PT), ao Piauí, ser uma oportunidade de aproximar o PT e PMDB no Estado, a solenidade desta terça-feira (18/02), onde a presidente liberou R$ 700 milhões para Teresina, serviu para mostrar o contrário. Em vez de unir, a vinda de Dilma comprovou que os dois lados, que se enfrentaram nas eleições de outubro, já estão bem definidos. Os cumprimentos frios, ou a falta deles no caso do governador Wilson Martins (PSB) e o senador João Vicente (PTB), comprovam que não há mais clima para acordo entre a base e o bloco do PT no Piauí.

Do lado da base governista, o deputado Marcelo Castro (PMDB), pré-candidato ao Governo do Estado, foi categórico ao afirmar que mesmo que a presidente tente interferir em um acordo entre PT e PMDB no Estado, ele não é mais possível. “Essa possibilidade é zero. Agora se a presidente convencer o PT a apoiar nossa candidatura, aí estaremos de braços abertos para recebe-lo”, disse.

No auditório formado na maioria de petista, havia dois grupos muito bem divididos. De um lado os que gritavam o nome do senador Wellington Dias, em maior número, e do outro os que aplaudiam Marcelo Castro. Os dois adversários chegaram a trocar cumprimentos, mas cada um sentou de um lado oposto no espaço reservado às autoridades.

O governador Wilson Martins, foi só elogios a presidente Dilma, mas fez questão de deixar claro que não terá mais ‘papo’ com W. Dias. Se até o primeiro semestre de 2013, Wilsão afirmava que W. Dias era o melhor senador do Piauí. Na solenidade desta terça-feira (18/02), ele ‘ignorou’ o petista e repassou os elogios para o senador Ciro Nogueira (PP), que segundo ele, foi fundamental nas negociações, em Brasília, para que os recursos de mobilidade urbana fossem liberados.
E não foi apenas W. Dias que foi ignorado por Wilsão, o senador João Vicente (PTB), provável adversário de Wilsão na disputa pelo Senado, também não foi lembrado em nenhuma fala do governador sobre a luta em Brasília, em busca da liberação de recursos. “O Piauí deve se orgulhar de ter um senador como Ciro Nogueira. A ajuda dele foi fundamental para a liberação desses recursos”, disse Wilsão.
                                                                               
Apesar do senador Ciro Nogueira (PP) afirmar que a presidente ainda voltará ao estado esse ano, dificilmente Dilma irá se comprometer em visitar um estado onde PT e PMDB, aliados nacionalmente, estarão divididos. Seria no mínimo constrangedor a presidente pedir votos para W. Dias e em seguida ter que subir no palanque de Marcelo. Segundo o vereador Dudu, o certo mesmo será a visita de Lula ainda no mês de março.
                                                                             
Fonte e Fotos: 180graus


                                                                              

 

 
Todos os direitos reservados © 2016 - FMNews.com.br
Contato: (89) 994010353 e (89) 994174202