Ultimas

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Francisco Macedo participa de Oficina de Diabetes em Teresina

Nutricionista Dra. Aurileia e a coordenadora  do Nasf e Fisioterapeuta Lorena Moura
Aconteceu nesta segunda-feira (20), o Encerrando das atividades alusivas ao Dia Mundial do Diabetes, celebrado em 14 de novembro, promovido pela Secretaria de Estado da Saúde realiza a Oficina Estadual Multiprofissional sobre Diabetes Mellitus e Workshop sobre Pé Diabético. A Oficina é destinada a profissionais da Atenção Básica como forma de instrumentalizar esses profissionais para um diagnóstico rápido e tratamento mais eficaz.

De acordo com dados da Federação Internacional de Diabetes (IDF), em todo o mundo, mais de 387 milhões de pessoas têm a doença e a cada 7 segundos, uma pessoa no mundo morre por diabetes. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, já são cerca de 14 milhões de pessoas com diabetes e aparecem 500 novos casos por dia.

No Piauí, cerca de 118 mil pessoas sofrem com o diabetes. Nos últimos cinco anos (2010 a 2014) foram registradas 5.765 mortes em decorrência da doença, 1.186 somente em 2014. Os óbitos foram registrados em maior escala nas faixas etárias entre 70 e 79 anos (com 324 falecimentos) e 80 anos ou mais (com 406 óbitos).

A coordenadora  do Nasf  e Fisioterapeuta  Lorena Moura, ressalta a importância  das  orientações a esses pacientes, recomendando que hábitos simples podem fazer a diferença na prevenção do diabetes. “Hábito de vida saudável, com atividades físicas regulares, evitar o sedentarismo, o tabagismo, são algumas práticas simples que podem ser feitas no cotidiano, que ajudam a prevenir o aparecimento dessa doença e que tem todo um controle, desde que a pessoa passe por uma adequação, uma mudança de estilo de vida”, afirma.

“A mudança de hábito, muitas vezes é um simples sacrifício que se faz em prol de uma vida cada vez mais saudável, tranquila, o que evitar sequelas que são possíveis de acontecer tanto na visão, como renal e vascular”, explica. Uma das complicações pode ser amputação de membros, que segundo a nutricionista  Dra. Aurileia é importante  a ação  preventiva das doenças crônicas para evitar danos futuros.

Esses e outros temas relacionados à prevenção, medicamentos e alimentação para diabetes serão abordados na Oficina. A programação tem o apoio da Supervisão do Programa Hiperdia, em parceria com a Coordenação Nacional de Hipertensão e Diabetes, Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabolismo - PI, Fundação Oftalmologia do Piauí, Sociedade Brasileira de Cardiologia – PI e Associação dos Diabéticos do Piauí (ADIP).

O Município de Francisco Macedo foi contemplado com a doação de medições para o tratamento de tabagismo.

Com informações da Dra. Lorena Moura
 
Todos os direitos reservados © 2016 - FMNews.com.br
Contato: (89) 994010353 e (89) 994174202