Ultimas

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Para arrecadar mais Governo do Piauí aumentará impostos a partir de janeiro

Palácio de Karnak, sede do poder administrativo do Piauí

Como a ordem no Estado é arrecadar mais para buscar o fôlego necessário para as finanças em 2016. Na última semana do ano de 2015, o Governo do Estado publicou medidas para aumentar a arrecadação de impostos. Mudanças no Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação - ITCMD e do Imposto obre a Propriedade de Veículos automotores –IPVA. 

Elas já passam a valer a partir do dia primeiro de janeiro. A principais mudanças a criação de faixas de alíquota do ITCMD e o aumento na alíquota do IPVA a veículos com valor acima de R$ 150 mil. Quando tramitaram e foram aprovados pela Assembleia Legislativa a justificativa do Governo foi de adequar a legislação tributaria do Piauí, o que é praticado em outros estados. O único setor que não gostou das “adequações” foi o setor de venda de imóveis e uma parte do empresariado que temia um aumento na alíquotas de impostos como o ICMS . Mas na época o Governo negou que estivesse fazendo uma política crescimento da arrecadação por meio do aumento de impostos. Na verdade a gestão de Wellington Dias busca as saídas para o ano de 2016, fazendo a adequações financeiras. Assim foi com as medidas de mudança na previdência do Estado, o recadastramento. 

Para o início de 2016 a expectativa é que o Governo consiga passar pela crise econômica, sem precisar lançar mão do artifício mais fácil, que é o aumento de imposto. O receio é em relação ao ICMS, o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. Um aumento na alíquota do tributo atingira toda sociedade, mas o alivio é que até o momento o Governo não fala nisto.

Fonte: Cidade Verde
 
Todos os direitos reservados © 2016 - FMNews.com.br
Contato: (89) 994010353 e (89) 994174202